Procedimentos

Toxina Botulínica

A toxina botulínica, popularmente conhecida como “botox”, é utilizada com o objetivo de evitar a contração muscular, provocando o relaxamento da região e reduzindo assim rugas e linhas de expressão provocadas pelo envelhecimento natural da pele ou pela ativação frequente da área.

Dúvidas Frequentes

A Toxina Botulínica promove o relaxamento muscular temporário. O retorno da ação muscular (ou seja, o fim da ação do Botox) ocorre quando o organismo se recupera desse bloqueio e o músculo volta a contrair. 

A indicação estética básica é para o tratamento de: 

  • Rugas horizontais da fronte (testa) 
  • Rugas verticais entre as sobrancelhas 
  • Rugas periorbitais (“pés-de-galinha”) 
  • Lifting de supercilios 
  • Rugas no dorso do nariz 
  • Correção de sorriso gengival 
  • Rugas nos lábios (código de barras) 
  • Sorriso caído nas laterais 
  • Queixo hipertônico (achatado por ação muscular excessiva) 
  • Aprimoramento do contorno mandibular (Linha de Nefertiti) 

Não, a Toxina Botulínica não é o produto indicado nesse caso. O ideal é o preenchimento com ácido hialurônico. 

É feita no consultório, em cerca de 45 minutos, com a aplicação de pomada anestésica antes do procedimento. 

Não. O efeito tem início após 5 dias e pico de ação em 14 dias. 

O retorno da contração muscular facial retorna após 3-6 meses e depende de fatores individuais e hábitos de vida. Por isso, o tratamento de manutenção deve ser feito 2 ou 3x/ano. 

As contraindicações absolutas são processos infecciosos na pele da região que será tratada e hipersensibilidade conhecida aos componentes do produto. 

Como não há estudos mostrando a segurança do medicamento durante a gestação e amamentação, o uso da Toxina Botulínica não é indicado nessas situações. 

Sim! O Botox aplicado na dose correta e da forma adequada pode manter a expressão facial natural ao mesmo tempo que trata as marcas de expressão. 

A toxina botulínica pode ser usada de duas maneiras: preventiva e reparativa. Desta forma, será aplicada de acordo com as necessidades de cada paciente. Por exemplo:

Efeito preventivo:

Neste caso, o protocolo é aplicado para evitar a ação e a definição das marcas de expressão, que surgem com o passar dos anos. O movimento repetitivo dos músculos da face, que resulta nas rugas dinâmicas, pode ser atenuado e minimizado com esta aplicação preventiva.

Efeito reparativo:

Na aplicação da toxina botulínica de forma reparativa, o protocolo será indicado para agir nas rugas já formadas na face, amenizando sua intensidade e profundidade, recuperando a jovialidade e aquela pele mais “lisinha”.