Procedimentos

BIOESTIMULADOR DE COLÁGENO

A degradação do colágeno no organismo humano ocorre a partir dos 30 anos. Após esta idade, a pele tende a perder, aproximadamente, 1% de colágeno ao ano.

Naturalmente produzido pelo organismo, o colágeno é uma proteína essencial para manter a firmeza e a elasticidade da pele. Com a redução dos níveis, a pele ganha o aspecto envelhecido. Os bioestimuladores são os queridinhos do momento para repormos nossa poupança de colágeno.

Dúvidas Frequentes

Existem dois principais bioestimuladores: o Ácido Poli-L-Láctico (Sculptra) e a Hidroxiapatita de Cálcio. São substâncias totalmente absorvíveis pelo organismo. Devem ser aplicados profundamente na pele para estimular a produção de colágeno de dentro para fora. 

A partir dos 30 anos de idade passamos a produzir cada vez menos colágeno. Nessa fase o bioestimulador tem caráter preventivo. Mas são os pacientes que apresentam algum grau de flacidez de pele que mais se beneficiam desse tratamento, pois há aumento da qualidade e elasticidade da pele levando a atenuação de rugas, sulcos e marcas de expressão. 

O tratamento é feito no consultório, e o produto é aplicado através de uma cânula, após aplicação de anestésico. 

As principais contraindicações são processos infecciosos na pele da região que será tratada, hipersensibilidade conhecida aos componentes do produto e uso prévio de preenchedores definitivos no local do tratamento.

Não é necessário se afastar das atividades habituais, apenas evitar exercícios físicos extenuantes após a aplicação, massagem facial pelo paciente após o tratamento, hematomas (que eventualmente podem ocorrer) melhoram espontaneamente nos primeiros dias e proteção solar todos os dias.

O colágeno continua sendo bioestimulado por até 9 meses após a aplicação. Geralmente após esse período são necessárias 1-2 aplicações de manutenção. 

Não. O bioestimulador de colágeno atua melhorando a qualidade, espessura e firmeza da pele, ele não preenche rugas e sulcos e nem promove o relaxamento muscular. Mas a associação desses tratamentos faciais pode oferecer um resultado mais harmônico e muito mais natural. 

Os resultados são perceptíveis já na primeira aplicação. Recomenda-se em média 3 a 5 sessões com intervalos de 30 a 60 dias.